Agenda: Festival de Folclore de Jequitibá celebra sua 31ª edição

folclore minas
Artigo: Aires, o Eficiente Visual Congênito
30 de agosto de 2019

Festival de Folclore de Jequitibá celebra sua 31ª edição

Daniela Maciel

Com o título de Capital Mineira do Folclore, a pequena Jequitibá – com pouco mais de 5 mil habitantes -, na região Central de Minas, já se prepara para receber mais de 20 mil visitantes durante o seu 31º Festival do Folclore.

Serão três dias de intensa programação, no período de 13 a 15 de setembro, sendo todas gratuitas, propiciando a reflexão sobre o tema da arte e da cultura popular, em seu potencial transformador e de pertencimento.

Na programação, a participação de grupos como Família Alcântara, Pereira da Viola, Celso Moretti, Rubinho do Vale, Chama Chuva, Coral “Cantoria Popular do Chile”, são alguns dos destaques. Nos três dias também serão oferecidas oficinas de Patrimônio, Artesanato, Gastronomia com insumos da região. Também gratuitas, as oficinas terão as inscrições são feitas durante o Festival.

A parte principal do evento ocorre na área de eventos localizada nas proximidades da Lagoa Pedro Saturnino, no centro da Cidade. No espaço do evento acontecerão apresentações culturais, rodas de conversa, oficinas, shows, exposições de artesanato e feira gastronômica.

O Festival de Folclore de Jequitibá é uma iniciativa da Prefeitura Municipal e pelo segundo ano consecutivo tem como parceiro o FIC - Festival Internacional de Corais, Bandas e Congados - que este ano traz a temática “Povos Negros”. O FIC fará sua abertura oficial em Jequitibá apresentando uma grande diversidade de grupos musicais.

Outro momento muito esperado é o Concurso Gastronômico. Em sua terceira edição, o Concurso deve agitar participantes e, especialmente, os apreciadores da culinária mineira. Os participantes são convidados a fazer um prato especial para o Festival com um ingrediente da culinária regional. O concurso acontece durante os três dias do evento, e os campeões são eleitos por um juri especializado e pelo público que vota nos pratos que são comercializados. Os três primeiros colocados são premiados com troféus exclusivos, que são esculturas criadas especialmente para o Concurso pelo artista plástico Euler Alves.

Jequitibá faz parte do Circuito Turístico das Grutas, território composto pelos municípios de Baldim, Cordisburgo, Caetanópolis, Sete Lagoas, Capim Branco, Pedro Leopoldo, Confins, São José da Lapa e Lagoa Santa e o Festival movimenta também o setor hoteleiro das cidades de Baldim e Sete Lagoas que são procuradas pelos visitantes devido ao número limitado de leitos no município.

Localizada a cerca de 110 quilômetros de Belo Horizonte, Jequitibá pode ser acessada pela BR040 e MG 238, passando por Sete Lagoas ou pela MG10, sentido São José de Almeida e Baldim, em uma viagem tranquila que costuma durar cerca de uma hora e quarenta minutos. A proximidade com o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, é uma vantagem para quem vem de fora. A distância até Jequitibá é de apenas 45 quilômetros.

Compartilhe!

Com o título de Capital Mineira do Folclore, a pequena Jequitibá – com pouco mais de 5 mil habitantes -, na região Central de Minas, já se prepara para receber mais de 20 mil visitantes durante o seu 31º Festival do Folclore.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *